sábado, 31 de julho de 2010

Mãe...


O que dizer agora sem ter você pra me ouvir, o que fazer agora sem ter você pra olhar, pra elogiar, pra dar a sua opinião ...
A dor da sua ausência incomoda, dói, machuca. É uma dor que parece não ter fim, é uma saudade que ainda não é boa, eu diria que é uma saudade ruim porque sei que eu nunca mais vou tocar você de novo e infelizmente para essa dor, não existe remédio. Apenas o tempo vai colocando aos poucos, tudo no lugar...
Eu tenho certeza que, por todo esse tempo que esteve conosco, eu pude demonstrar através de palavras e principalmente de atitudes, o quanto amava a senhora. Tudo que eu fazia no fundo era pra agradar não só a mim, mas a você e meu pai querido também. Mas agora, diante desse imenso vazio, confesso que queria ter feito mais, queria ter te ouvido mais, queria ter te abraçado mais, queria ter dito que te amava mais, queria ter te amado muito mais...
Ainda não acredito que você se foi, ainda não acredito que não mais verei você toda orgulhosa falando p todo mundo que é mãe de uma artista, ainda não acredito que vou entrar na sua casa e não vou ver você sentadinha na sua cadeira assistindo a TV ao lado do meu pai, ainda não acredito que você se foi e não segurou nos braços um netinho que eu tanto quis lhe dar...
Sei que isso tudo é simplesmente, a vida! E onde você estiver, você pode ter certeza de que tudo que eu fizer vai ser pensando na senhora. Te amo, pra sempre, te amo!

2 comentários:

YVANNA disse...

Lily, forças sei do que vc esta passando nesse momento! pode ter a certeza que estarei sempre do seu lado te aplaudindo, a perca que vc teve, tive tb e era bem mais nova com 12 anos,o tempo ira lhe conforta, mas esquece-la nunca ira acontecer lhe garanto!

alysson disse...

essas sao palavras e atitudes de um verdadeiro AMOR. por algum motivo acabou fisicamente,mas q psicologicamente continua mto intenso...a vida e assim,e ela coloca tudo no seu verdadeiro lugar...
melhoras pra vc!